Somos mulheres, somos guerreiras, somos mães.

Durante o mês de março, aproveitamos o Dia Internacional da Mulher para falar sobre algumas das mulheres que fazem coisas incríveis na ACPL Engenharia todos os dias, mas a gente sabe que isso não é restrito a uma única data.

Ao longo desse mês, vamos reunir as histórias de profissionais que diariamente se dedicam a construir uma marca e empresa forte como elas.

No artigo de hoje conheça Tatiana Drumond, Técnica de Segurança do Trabalho na ACPL Engenharia, contando a sua historia de como ser mãe a tornou uma profissional ainda mais preparada para o mercado.

A dupla jornada de trabalho faz parte da rotina de muitas mulheres ao redor do mundo. Comigo não foi diferente, principalmente, quando me tornei mãe.

Após ter um filho, aprender a fazer adaptações e concessões no dia a dia é fundamental. Somente desta forma é possível conciliar trabalho e maternidade. Harmonizar esses dois aspectos pode ser bem simples se soubermos o que fazer e por onde começar.

A chegada do primeiro filho é sempre longa e é a etapa mais desafiadora, já que tudo é novidade. Com o fim da licença maternidade e a retomada da rotina de trabalho é preciso saber gerenciar o tempo para conseguir dar conta de tudo. Só quem é mãe e trabalha em simultâneo, sabe como é difícil ao desejar ter momentos maiores com o filho e sentir que não existe mais espaço na agenda para encaixar um passeio, bem como, saber que precisa focar no trabalho enquanto esta trocando fraldas. Conciliar trabalho e maternidade não é tarefa fácil, muito pelo contrário, é uma das tarefas mais difíceis. 

Pensando na dificuldade inicial de conciliar carreira e maternidade, desenvolvi uma série de rotinas e organizações que funcionam no meu dia a dia.

RESPEITE O SEU TEMPO

O primeiro deles é: respeite o seu tempo. Você sempre estará sujeita a ouvir comentários do tipo “nossa, mas fulana ficou 3 meses de licença maternidade e já retornou ao trabalho”. Entenda, cada mulher tem o seu tempo de maternidade. Tenham os seus filhos, dediquem-se a eles mas nunca deixem a ideia de retornar ao trabalho não existir. Planeje, reveja sua profissão, e pense no futuro.

ORGANIZE SUA ROTINA

Organize a sua rotina. Pode parecer bobeira, mas é muito grande o número de mulheres que acreditam ser possível ter uma vida equilibrada entre trabalho e maternidade sem organização. O nosso tempo precisa ser organizado.

PRATIQUE O DESAPEGO

Pratique o desapego. Além de profissional respeitada você virou mãe, então, tem que saber dividir entre as prioridades da carreira profissional e cuidar do filho. Planeje sempre a sua vida.

NÃO SE DEIXE DESMOTIVAR

Não se deixe desmotivar. Mantenha seu trabalho e suas atividades. Criamos nossos filhos para o mundo e eles têm de ser independentes. Além disso, o filho tem e terá muito orgulho quando souber da necessidade da mãe de trabalhar. Não fiquem com sentimento de culpa, pois a vida é assim.

Somos mulheres, somos guerreiras, somos mães.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *